Internacional

"Recuperar América": detidos 31 membros de grupo supremacista branco que preparavam motim durante evento gay

Os indivíduos estavam dentro de uma carrinha.


As autoridades norte-americanas prenderam, neste sábado, no estado de Idaho, 31 membros do "Frente Patriota", um grupo supremacista branco, perto de um evento que celebrava o orgulho LGBT.

Os indivíduos estavam dentro de uma carrinha, vestidos com calças caqui, camisas azul-marinho e chapéus bege com balaclavas de cor branca, que lhes cobriam o rosto. A polícia intercetou o veículo e prendeu os elementos do grupo à beira da estrada.

"Vieram para o centro da cidade", disse Lee White, chefe da Polícia de Coeur d'Alene, Lee White, em conferência de imprensa, citado pelo Politico. 

Com base em provas recolhidas e documentos, as autoridades descobriram que o grupo estava a planear um motim em várias áreas do centro da cidade, e não apenas no parque, disse White. Foi ainda encontrado uma granada, caneleiras e escudos dentro da carrinha.

Vídeos da detenção, publicados nas redes sociais, mostram os homens, de joelhos, na relva com as mãos atadas. "Recuperar América", estava escrito numa das camisas. 

 

 

 

 

Os comentários estão desactivados.