Sociedade

Traficante apanhado com cocaína disfarçada de café no aeroporto de Lisboa

Tinha três embalagens de café, com 2,5kg cada, dentro da mala. Método “torna extremamente difícil a identificação do estupefaciente”, diz a PJ.


A Polícia Judiciária identificou e deteve, no Aeroporto de Lisboa, um homem de 35 anos de idade, estrangeiro, “sobre o qual recaem fortes suspeitas de integrar um grupo criminoso que se dedica à introdução de consideráveis quantidades de cocaína, no continente europeu, através da via aérea”.

A PJ avança que, na mala de viagem que o detido transportava, “foram encontradas três embalagens de café, de 2,5 kg. cada, no interior das quais se encontrava um pó, com todas as características semelhantes ao café, incluindo o respetivo odor, mas que após a realização dos competentes exames periciais, por parte do Laboratório de Polícia Científica da Polícia Judiciária, se revelou como cocaína”.

Esta força policial explica ainda que “este método de dissimulação da cocaína, que foi identificado pela primeira vez a nível mundial há cerca de três anos pela Polícia Judiciária, torna extremamente difícil a identificação do estupefaciente uma vez que os testes rápidos, normalmente utilizados no terreno pelas autoridades policiais, não se revelam eficazes”.

O detido foi presente a primeiro interrogatório judicial para aplicação de medidas de coação, ficando a aguardar os ulteriores termos do processo em prisão preventiva.

Os comentários estão desactivados.