Vida

Ozzy Osbourne fala sobre como é viver com Parkinson

Recorde-se que Osbourne foi submetido a uma "grande operação" na zonas das costas e do pescoço, em junho deste ano, em Los Angeles, que "iria determinar o resto da sua vida", descreveu a sua esposa.


Ozzy Osbourne convive com a doença de Parkinson desde 2019 e recentemente revelou quais são os principais desafios, físicos e mentais, que enfrenta. 

"Pensa-se que se está a levantar os pés, mas eles não se mexem. Sinto-me como se estivesse a andar com botas de chumbo", disse o 'Príncipe das Trevas', em entrevista ao The Observer. O diagnóstico deixou o músico em baixo, tendo lutado, em 2020, contra a depressão.

"Atingo um nível que era mais baixo do que eu queria que fosse", continuou Osbourne. "Não havia nada de bom. Por isso, tomei antidepressivos, e funcionaram."

A ex-vocalista dos Black Sabbath guardou umas palavras de agradecimento à família, principalmente a Sharon Osbourne, a sua esposa, e Kelly Osbourne, a filha. "Sem a minha Sharon, eu já tinha ido embora", disse o músico, na mesma entrevista. "Tivémos uma pequena discussão de vez em quando, mas independentemente disso, continuámos para a frente."

Recorde-se que Osbourne foi submetido a uma "grande operação" na zonas das costas e do pescoço, em junho deste ano, em Los Angeles, que "iria determinar o resto da sua vida", descreveu a sua esposa.

Mas os problemas de saúde do icónico músico de rock não ficam por aqui. Ozzy Osbourne também já lutou contra a covid-19 e ainda tem 'farpas' de uma acidente de ciclismo que sofreu em 2003.

Recorde-se que após viver vários anos nos Estados Unidos da América, Ozzy Osbourne anunciou que se irá mudar de Los Angeles (LA) para o Reino Unido, seu país de origem.

Os comentários estão desactivados.