Cultura

Irene Papas morreu aos 96 anos

O seu último filme foi com Manoel de Oliveira. Em 2018, foi anunciado que Irene Papas sofria de Alzheimer já há cinco anos.


A icónica atriz grega Irene Papas morreu, esta quarta-feira, aos 96 anos, anunciou o ministério da cultura grego, em comunicado.

Com mais de cinquenta anos de uma carreira no cinema, a atriz grega ganhou notoriedade com as interpretações em Os canhões de Navarone, em 1961, e em Zorba, o Grego, em 1964.  

Um das suas últimas participações numa mega produção internacional foi em Capitão Corelli, de 2001.

Mas em 2003 fez a sua última aparição no cinema, em Um filme falado, do português Manoel de Oliveira, com quem já tinha trabalhado em 1996 em Party.

Em 2018, foi anunciado que Irene Papas sofria de Alzheimer já há cinco anos e se afastou da vida pública.

Irene Papas "personificou a beleza grega na tela e no palco", lia-se ainda no comunicado do governo grego.

Os comentários estão desactivados.