Internacional

Brasil. Urnas de voto já fecharam

Lula da Silva vence em Lisboa e no Porto

Brasil. Urnas de voto já fecharam

As urnas de voto para as eleições brasileiras já fecharam. Eram 17h00 no Brasil, 20h00 em Lisboa em Lisboa quando terminaram as votações da segunda volta das presidenciais, disputada entre Jair Bolsonaro e Lula da Silva. 

Ao contrário do que aconteceu nas eleições passadas, todas as assembleias de voto no Brasil abriram às 8h00 de Brasília (11h00 de Lisboa), correspondendo assim a abertura das urnas ao fuso horário da capital.

Os mais de 156 milhões de eleitores puderam votar em 577.125 urnas eletrónicas espalhadas por 5.570 cidades do país.

Pouco depois da abertura das urnas votou, no Rio de Janeiro, o atual Presidente brasileiro. 

Jair Bolsonaro disse estar com "expectativa de vitória, pelo bem do Brasil".

"Só tivemos boas notícias nos últimos dias. Se Deus quiser, seremos vitoriosos hoje à tarde. Ou melhor, o Brasil será vitorioso hoje à tarde", disse ainda aos jornalistas do lado de fora da Vila Militar, na zona oeste do Rio de Janeiro, onde votou.

Já Lula da Silva votou em São Paulo, acompanhado do candidato a vice-presidente, Geraldo Alckmin, do candidato do Partido dos Trabalhadores (PT) ao governo estadual, Fernando Haddad, e da deputada federal eleita Marina Silva.

"Hoje, possivelmente, será o 30 de outubro mais importante da minha vida e acho que é um dia muito importante para o povo brasileiro, por que hoje o povo vai definir o modelo de Brasil que deseja, o modelo de vida que quer", disse.

Em Portugal as urnas fecharam pelas 17h00, com alguns eleitores a votarem já depois da hora, devido à forte afluência.

Tal como aconteceu na primeira volta, a 2 de outubro, Lula da Silva venceu em Lisboa no Porto. 

 

Os comentários estão desactivados.