Vida

Ângelo Rodrigues foi para o Nepal por "tempo incerto"

Ator partilha com os fãs como tem sido os seus últimos meses no Nepal. E conta o porquê de ter ido. 


O ator Ângelo Rodrigues encontra-se no Nepal, há cerca de dois meses, e partilhou com os seus seguidores como tem sido a experiência por terras longínquas de Portugal.  

"Bhagawan estava a par das minhas intenções. Há dois anos, quando escrevi o primeiro e-mail, disse-lhe que gostaria de dar aulas de inglês a jovens monges. O responsável pela ONG respondeu dias mais tarde, dizendo que de momento o templo não estava a aceitar visitas do exterior. O tempo passou e, após várias tentativas, encontrámos o timing para levar a ideia avante", escreveu o ator, numa publicação no Instagram.  

O interesse pelo tempo e pela iniciativa, conta Ângelo Rodrigues, “surgiu depois de ler sobre Helena Blavatsky e conhecer as suas incríveis façanhas”.  

“Uma das que mais chamou a minha atenção foi o facto de ter vivido no Tibete por três anos, período em que foi treinada por mestres espirituais. Isso fez com que anos mais tarde escrevesse 'A Voz do Silêncio', baseado num livro que memorizou enquanto vivia com eles. As palavras que Blavatsky escreveu inspiraram milhões de leitores em todo o mundo. Fernando Pessoa, por exemplo, ficou tão impactado que traduziu o livro para português. Ora, se a obra de Blavatsky mexeu tanto com o maior embaixador da língua portuguesa, quem sou eu para desconfiar?", disse.  

Depois de ler o livro, veio o grande ‘mergulho’: "Resumindo: li o livro, guardei todo o património que tinha num armazém de 4m2, e mudei-me para o Nepal por tempo incerto. Porquê Nepal e não Tibete? Porque já lá tinha estado em 2017 com a minha irmã. E que melhor destino poderia escolher que não o lugar onde o CEO do Budismo nasceu?". 

O ator, no final do texto, debruça-se com uma série de perguntas: "Será que quem vive uma vida casta adquire uma visão mais nítida da natureza humana? Como os monges encontram paz na contemplação e alegria na renúncia? Como escapam às exigências da carne? Quero debruçar-me sobre estas questões. Não sei que respostas encontrarei, mas estou pronto para o mergulho", completa. 

 

 

Os comentários estão desactivados.