Vida

Henry Cavill abandona a capa de Super Homem

Ator teve conhecimento da decisão durante uma reunião com o realizador e o produtor do filme. 


Henry Cavill anunciou esta semana na sua conta de Instagram que vai  deixar de lado a sua capa e parar de dar vida a "Super Homem".

O ator de 39 anos revelou que teve uma reunião com o realizador James Gunn e com o produtor Peter Safran, onde ficou a ter conhecimento da decisão. 

Numa publicação divulgada das redes sociais, Cavill começa por informar os fãs que esteve numa reunião com Gunn e Safran e que tem "notícias tristes para todos".

"Afinal, não irei voltar como "Super Homem". Depois de o estúdio me ter dito para anunciar o meu regresso em outubro, antes da sua contratação [de James Gunn e Peter Safran], estas notícias não as mais fáceis de dar, mas é a vida", escreve o ator. 

"A mudança é algo que acontece. Eu respeito isso. James e Peter têm um universo para construir. Eu desejo-lhes, e a todos os envolvidos no novo universo, a melhor das sortes e a maior fortuna", continuou.

O ator agradeceu a todos os que estiveram ao seu lado durante vários anos e referiu que agora é a altura de fazer um pouco de luto, mas com a consciência de que o Super Homem ainda anda por aí. 

"Tudo aquilo que ele defende existe e os exemplos que ele dá continuam aqui para nós. A minha vez de usar a capa acabou, mas o Super Homem nunca vai acabar. Foi uma jornada divertida com vocês, com altos e baixos", concluiu o artista. 

 

 

 

Os comentários estão desactivados.