Vida

Benedict Cumberbatch pode vir a ter de pagar pelo passado esclavagista da família

O ator deu, ironicamente, vida ao dono de uma plantação no filme "12 Anos Escravo"

 


O ator Benedict Cumberbatch pode vir a ser condenado pelo passado esclavagista da sua família. 

O governo dos Barbados criou uma comissão para reparar os dados causados pelas famílias proprietárias de plantações e escravos e a família do ator foi dona da plantação de Cleland e chegou a escravizar 250 pessoas.

Cumberbatch já falou várias vezes sobre o passado da família e lamentou as ligações ao tráfico de escravos. Contudo, desta vez, as ações dos seus antepassados podem vir a ter impacto no bolso do artista, uma vez que o governo dos Barbados pretende conseguir indemnizações das famílias que beneficiaram da escravatura. 

Em 1728, um dos antepassados do ator, comprou uma platação de açúcar em Cleland, na qual manteve 250 escravos e que terá rendido "uma pequena fortuna" à família, conforme escreve o The Telegraph. 

Quando a escravatura foi abolida, os Cumberbatch chegaram a receber milhares de libras como compensação. 

Agora, devido à comissão criada pelo governo da ilha nas Caraíbas, esse dinheiro pode vir a ter de ser devolvido.

Benedict Cumberbach deu, ironicamente, vida ao dono de uma plantação no filme "12 Anos Escravo".

 

 

Os comentários estão desactivados.