Internacional

Sunak destaca apoio militar à Ucrânia como prova de "influência global"

O primeiro-ministro britânico rejeitou a "ideia de que a Grã-Bretanha está de alguma forma a retirar-se da cena mundial" ou que a sua "influência está em declínio".

 Sunak destaca apoio militar à Ucrânia como prova de "influência global"

O primeiro-ministro britânico, Rishi Sunak, afirmou que o Reino Unido mantém a sua influência internacional, destacando pelo apoio militar prestado à Ucrânia.

"O que temos visto nos últimos meses é este governo Conservador a cumprir as prioridades do povo britânico e a exercer a nossa influência global em alguns dos maiores desafios do mundo", disse Sunak, durante uma declaração no parlamento para fazer um balanço da participação na reunião do G7 no passado fim de semana no Japão.

O primeiro-ministro britânico rejeitou a "ideia de que a Grã-Bretanha está de alguma forma a retirar-se da cena mundial" ou que a sua "influência está em declínio".

"Foi um prazer e um privilégio receber o meu amigo, o presidente [Volodymyr] Zelensky, no seu regresso ao Reino Unido na semana passada. A presença na cimeira do G7 foi um momento histórico", disse.

Sunak manifestou-se "incrivelmente orgulhoso" do papel de Londres "na vanguarda do apoio internacional à Ucrânia", nomeadamente com o treino de soldado, fornecimento de armas, tanques e mísseis de longo alcance, acrescentando que agora o país está ""na linha da frente de uma coligação para treinar e equipar a força aérea ucraniana".

 

Os comentários estão desactivados.