Politica

António Galamba: 'Banqueiros validaram a candidatura de António Costa'

Contundente, o secretário nacional do PS diz que Seguro não está condicionado por interesses instalados, ao contrário do adversário. Sobre os incidentes de Ermesinde, responde que Seguro andou três anos a ser insultado por apoiantes de Costa.

O líder do PS não está fragilizado até à decisão das primárias?

O líder está legitimado e tem um mandato para cumprir. E sobretudo não está condicionado por nenhum interesse instalado que queira direccionar a liderança política.

Que interesses instalados são esses?

Veja por exemplo que em 2013, quando se colocou a possibilidade de António Costa avançar, houve uma notícia na revista Visão que apontava que os banqueiros tinham validado essa candidatura. Isso com Seguro nunca teria acontecido. E veja-se que um dos últimos apoios de António Costa é o banqueiro Luís Amado.

Saiba mais na edição impressa do SOL hoje nas bancas.

manuel.a.magalhaes@sol.pt