Politica

Sócrates pode ser detido no caso Monte Branco, avança a Sábado

Segundo a revista Sábado, que avança na edição de quinta-feira com a história, José Sócrates é suspeito no caso Monte Branco, está sob vigilância há vários meses e já lhe quebraram o sigilo bancário e fiscal. 

O Ministério Público pondera deter para interrogatório o antigo prmeiro-ministro no escândalo que levou à detenção de Ricardo Salgado por branqueamento de capitais e evasão fiscal.

Sócrates tinha demonstrado no passado domingo, no seu habitual comentário na RTP, algum incómodo com a decisão judicial de deter Ricardo Salgado.

“Acho que a Justiça ganhava em explicar-nos a todos porque deteve Salgado”.

“Não vi até hoje nenhuma explicação que me convencesse que era necessário deter Ricardo Salgado. Pelo que foi noticiado sempre se mostrou disponível para colaborar com as autoridades. As razões que vêm nos jornais são pueris”, disse Sócrates, acrescentando: “Acho que a Justiça ganhava em explicar-nos a todos porque deteve Salgado”.

José Sócrates comentou também “timing” da detenção do banqueiro, dizendo “não querer acreditar que a Justiça só persiga quem não é poderoso”. “Seria horrível”.

 

(Notícia em actualização)

 

SOL