Internacional

Morte de mulher polícia relacionada com atentado ao Charlie

A polícia francesa confirmou hoje que o tiroteio de ontem no sul de Paris, que causou a morte a mulher polícia de 35 anos e feriu outro agente com gravidade, está relacionado com o atentado ao Charlie Hebdo, avança a France Press.


A agente da polícia municipal e outro agente da brigada de trânsito foram atingidos a tiro na manhã de ontem por um homem sozinho com duas armas automáticas, na sequência de um aparente acidente de trânsito.

Durante o dia nunca foi estabelecida relação deste incidente com o atentado ao jornal Charlie Hebdo, mas as autoridades confirmaram nesta manhã que o tiroteio tem ligações aos dois irmãos suspeitos do ataque em Paris.

Os agentes foram atingidos por volta das 8h19 (hora francesa) junto à Porta de Châtillon, no sul de Paris. 

[em actualização]

Ponto de situação:

1 - Terror em França: suspeitos barricados e com um refém

2 - Tiroteio em Paris: Sequestrador exige libertação dos irmãos Kouachi

TGV evacuado após ameaça de terrorismo

4 - Morte de mulher polícia relacionada com atentado ao Charlie

5 - Hollande diz que país "será capaz de resistir a todas as provas"

6 - Paris: 'Tenho um filho de 7 anos na escola e nem sei se o posso ir buscar à noite'

 

Os comentários estão desactivados.