Politica

PSD acusa Costa de mascarar despesa com pessoal

Na passada quinta-feira, uma alteração ao Orçamento da Câmara de Lisboa (CML) aprovou um aumento de despesas de avenças com pessoal de 6,8 milhões para 8,6 milhões de euros. Uma situação que faz o vereador do PSD António Prôa considerar que se tratou de uma forma de António Costa mascarar as despesas com pessoal na autarquia.


“Tratava-se de um orçamento mentiroso que pretendeu esconder o aumento dos contratos de avença na CML e o brutal aumento de despesas com pessoal em regime de tarefa ou avença em 2015 que agora foi revelado”, acusa António Prôa, em nota enviada às redacções.

O vereador do PSD na Câmara de Lisboa considera que se trata de um “brutal aumento das despesas na rubrica de pessoal em regime de tarefa ou avença”, explicando que está em causa “um aumento de 26% face ao orçamento que a câmara apresentou há pouco mais de um mês”.

“Esta situação inédita, revela que o actual executivo pretendeu mascarar, na apresentação do orçamento para 2015, o real aumento de avenças na câmara de Lisboa, tendo sub-orçamentado esta despesa embora já soubesse existir”, acusa o social democrata.

margarida.davim@sol.pt

Os comentários estão desactivados.