Tecnologia

Twitter oficializa entrada em Portugal

A rede já cá anda há quase uma década, mas só agora surge a oficialização da delegação portuguesa do Twitter. Na quinta-feira, a residência do embaixador norte-americano em Lisboa, Robert Sherman, acolheu a apresentação formal da parceria entre a tecnológica e a agência portuguesa Live Content.

Com uma equipa exclusivamente dedicada àquela rede e liderada por Francisco da Silva, a empresa lusa é desde 2014 responsável pela venda de publicidade e pela assessoria em campanhas de empresas nacionais no Twitter, que conta com 288 milhões de utilizadores mensalmente activos em todo o mundo.

Em Portugal não são públicos os dados de utilização desta rede social, mas é visível a crescente popularidade entre adolescentes e jovens adultos, por um lado, e influencers como figuras públicas, políticos e jornalistas, por outro. No entanto, Katie Lampe, directora de vendas do Twitter para a Europa, Médio Oriente e África, revelou em Lisboa que mais de metade dos utilizadores portugueses daquela rede acede à sua conta pelo menos uma vez por dia, e que o mobile representa 80% dos acessos.

A nível global, e apesar de uma taxa de crescimento menor do que concorrentes como o Facebook que tem valido duras críticas à estratégia do CEO Dick Costolo, o Twitter tem sido uma ferramenta decisiva no lançamento de campanhas virais. Não só de natureza comercial como política, sendo assídua a utilização desta rede por parte de movimentos e de personalidades como chefes de Estado e líderes da oposição a regimes autoritários, mas também de grupo extremistas que a tecnológica tem tentado combater.

O evento de Lisboa contou com a presença de cerca de 200 convidados, entre marketeers, empresários, jornalistas e alguns dos mais influentes utilizadores portugueses do Twitter.

pedro.guerreiro@sol.pt