Economia

Supervisor aceita 'convite pessoal' da chinesa Fosun

O presidente da Autoridade de Supervisão de Seguros e Fundos de Pensões (ASF), José Almaça, passou parte das suas férias na China, na sequência de um convite da Fosun, empresa chinesa que tem a maior seguradora de Portugal, a Fidelidade, e controla a Luz Saúde.

Os contornos desta deslocação, segundo o SOL apurou, causaram desconforto na ASF. José Almaça não foi na qualidade de presidente deste órgão, mas sim a convite  pessoal dos responsáveis da empresa: além de ter tirado férias das suas funções para se deslocar àquele país, as despesas também não foram pagas pela autoridade de supervisão  dos seguros.

Confrontado com estas informações, José Almaça confirmou a viagem, adiantando que em causa estava a sua participação no evento 'Creating Values Together', um encontro sobre seguros organizado pelo grupo Fosun. “O convite para participar na referida conferência foi endereçado, no início de Junho, pela entidade organizadora, a título pessoal e aceite também nessa condição”, adiantou fonte oficial da ASF.

Sobre o pagamento das passagens aéreas e da estada em Xangai, a mesma fonte assegura que o presidente da ASF suportou todos os custos: “Ficou estabelecido que as despesas realizadas seriam suportadas pelo próprio, o que aconteceu”.

Leia este texto na íntegra na edição em papel do SOL. Já nas bancas.

carlos.santos@sol.pt