gesto

Dirigiu-se a quartel para entregar dinheiro para que bombeiros pudessem comprar fatos de proteção: "Foi impossível conter as lágrimas"

SOL