pide

"Foi aqui que mataram o general português"

João Amaral Santos