capitalismo



  • Mario Tronti (1931-2023). O “revolucionário conservador” que fundou o operaísmo italiano

    Morreu na segunda-feira, aos 92 anos, o “senador da destituição”, uma figura ímpar na política italiana e na compreensão dos conflitos sociais que deram origem ao capitalismo. Mario Tronti elevou o ódio à classe burguesa a um elemento decisivo no combate político, assumindo o imperativo de se conhecer o inimigo melhor do que este se conhece a…

    Mario Tronti (1931-2023). O “revolucionário conservador” que fundou o operaísmo italiano

  • Michel Houellebecq. As intuições fulgurantes de um vândalo

    “Intervenções” funciona como autobiografia intelectual de um ser que arrisca assumir posições repugnantes sabendo que esse é o preço a pagar se se quer chegar às outras, igualmente incómodas, e que se revelam clarividentes e transformadoras.

    Michel Houellebecq. As intuições fulgurantes de um vândalo

  • Estamos tramados!

    Os acontecimentos das duas últimas semanas, a aceleração em direção ao desastre que se verifica a olhos vistos, onde já nem se fala de ‘negócios’ mas sim de uma geopolítica de confronto, as deslocações de todo o tipo de meios bélicos para as fronteiras dos ‘oponentes’ e a criação de novos muros à volta de…

    Estamos tramados!


  • A reforma do capitalismo segundo Dalio (Parte 1)

    Uma das minhas maiores referências pessoais no mundo dos investimentos sempre foi Ray Dalio. 

    A reforma do capitalismo segundo Dalio (Parte 1)

  • A origem das desigualdades

    Durante grande parte do século XX o capitalismo industrial transferiu a maioria do proletariado dos países desenvolvidos para a classe média. Foi um fator de democratização económica e social.

    A origem das desigualdades


  • Pelo capitalismo desregulado

    A maioria dos filósofos do capitalismo (agora esquecidos nessa parte essencial do seu pensamento pelos arautos do capitalismo selvagem ou desregulado, à russa ou à chinesa, numa estranha ideia de competitividade internacional) sempre defenderam mecanismos que equilibrassem o poder de patrões e investidores, por um lado, e trabalhadores e sindicatos, pelo outro lado – de…

    Pelo capitalismo desregulado