Zika pode afastar o Quénia dos Jogos Olímpicos

O Quénia poderá renunciar aos Jogos Olímpicos Rio 2016 se a epidemia do vírus zika se agravar, afirmou o presidente do comité olímpico daquele país africano, Kipchoge Keino. 

"Se a situação se agravar, não iremos aos Jogos. Não vamos expor os nossos jovens. A saúde da nossa gente é mais importante que os Jogos", disse o dirigente à imprensa queniana, adiantando que vão "aguardar até ao último minuto".