Cultura

Lady Gaga em nova controvérsia sexual [vídeo]

Sempre foi controversa e nunca pareceu temer uma boa polémica mas, desta feita, de acordo com o britânico Guardian, Lady Gaga parece ter recuado com medo de arruinar a sua imagem e terá adiado, ou mesmo cancelado, a divulgação do teledisco da canção ‘Do What U Want’ devido a acusações de abusos sexuais contra os seus protagonistas. 

O portal TMZ publicou um pequeno excerto do vídeo, gravado em Novembro, no qual se pode ver Gaga deitada numa marquesa, nua por baixo dos lençóis, vulnerável perante o seu médico, interpretado pelo cantor R. Kelly. E se o filme em si já é sexualmente controverso, dando indícios de uma violação que se avizinha, uma vez que a ‘paciente’ Gaga esteja devidamente sedada ou anestesiada, mais polémico se torna devido aos seus participantes. 

 

De acordo com o norte-americano New York Post, a cantora terá hesitado em divulgar o vídeo por existirem rumores de uma acusação de violação contra R. Kelly. E porque o teledisco foi realizado pelo fotógrafo de moda Terry Richardson, sob o qual pendem várias queixas de abusos sexuais e assédio feitas por manequins que com ele trabalharam (acusações desmentidas pelo fotógrafo). De acordo com a fonte citado pelo New York Post: “Gaga tem um vídeo realizado por um alegado violador, protagonizado por outro alegado predador sexual. Com o tema ‘Vou fazer o que quiser com o teu corpo? Era literalmente um incentivo à violação”. 

No início do ano a cantora disse que o vídeo, que deveria ter sido divulago no Natal, estava atrasado por ainda não ter tido tempo suficiente para trabalhar nele e que por isso não estaria satisfeita com os resultados. Entretanto, com o passar dos meses, o vídeo parece mesmo ter sido descartado sem nunca se ter percebido porquê. Agora, depois destas novas acusações por parte dos media, tudo parece tornar-se mais claro, mas o certo é que Gaga ainda não emitiu nenhum comentário oficial, não confirmando nem desmentindo esta versão.

‘Do What U Want’, um dueto com R. Kelly, foi o segundo single extraído do terceiro álbum de originais de Lady Gaga, Artpop.