Economia

BES: Novo Banco assume créditos que têm Tranquilidade como garantia

O Banco de Portugal esclareceu que são transferidos para o Novo Banco os direitos de crédito do BES sobre a Espírito Santo Financial Group e que estão garantidos pelo penhor da seguradora Tranquilidade.

Em comunicado divulgado na segunda-feira à noite, o Banco de Portugal refere que cabe ao 'bad bank' receber o crédito que o BES concedeu a empresas do Grupo Espírito Santo (GES), "com excepção daqueles que se incluem no perímetro de consolidação do Grupo BES e daqueles que estão relacionados com seguradoras supervisionadas pelo Instituto de Seguros de Portugal".

No entanto, o supervisor e regulador bancário refere que o Novo Banco fica com o direito de ser reembolsado do crédito do BES sobre a 'holding' Espírito Santo Financial Group (ESFG, ex-accionista maioritário do BES e empresa do GES) e que tem como garantia "o penhor financeiro da Companhia de Seguros Tranquilidade".

Este ano, o Banco de Portugal obrigou a ESFG a fazer uma provisão para garantir o reembolso da dívida emitida pela Rioforte e Espírito Santo International, empresas do GES. Como garantia, soube-se depois, foi dado como penhor a seguradora Tranquilidade.

Lusa/SOL