Economia

Défice fica 655 milhões abaixo do previsto com recorde de impostos

O défice orçamental da administração pública atingiu 7.074 milhões de euros em 2014, o que representa uma melhoria de 655 milhões face à estimativa apresentada no relatório do Orçamento do Estado para 2015, apresentado em Outubro. Para este resultado contribuiu uma redução da despesa em 1,2 mil milhões e um aumento da receita em 569 milhões de euros. Os impostos atingiram o valor mais elevado de sempre.

Os dados acabam de ser divulgados pelo Ministério das Finanças, que destaca que “a generalidade das rubricas da despesa apresentou um desempenho mais favorável do que o implícito à estimativa de 2014 do relatório do Orçamento do Estado para 2015”.

Já a receita fiscal ascendeu a um “valor recorde de 37.111 milhões em 2014”, que corresponde a um crescimento de 2,3% da receita fiscal. Segundo o ministério, o crescimento significativo da receita fiscal em 2014 “evidencia a recuperação da actividade económica e a crescente eficácia das novas medidas de combate à evasão fiscal e à economia paralela na generalidade dos impostos”. 

Estes dados são ainda em contabilidade pública (óptica de recebimentos e pagamentos de caixa) e não em contabilidade nacional (óptima de compromissos). É o saldo orçamental em contabilidade nacional que conta para a Comissão Europeia e esses dados só serão divulgados pelo INE em Março. 

joao.madeira@sol.pt