Sociedade

Governo quer dar visibilidade ao Cavalo Lusitano

A ministra da Agricultura, Assunção Cristas, afirmou hoje que o Governo quer "potenciar" o turismo equestre no país, passando por dar "visibilidade" ao Cavalo Lusitano, produto que considera "extraordinário e de qualidade única".

"Nós temos muitos produtos magníficos que são bem reconhecidos, o Cavalo Lusitano é um deles, mas às vezes ainda fazemos pouco para aquilo que é o potencial do nosso cavalo", disse.

Assunção Cristas iniciou hoje em Monforte, no distrito de Portalegre, o Roteiro do Cavalo Lusitano, com o objectivo de poder mostrar o "potencial e a importância" que o turismo equestre pode representar para Portugal.

A titular da pasta da Agricultura, que visitou a unidade Torre de Palma Wine Hotel, espaço que se dedica também ao turismo equestre, sublinhou aos jornalistas que este roteiro passa por dar "visibilidade" ao que de melhor se faz no país relacionado com a raça lusitana.

"O meu objectivo é, com este roteiro dedicado ao cavalo, dar visibilidade ao que se faz de melhor no nosso país relacionado com o Cavalo Lusitano e, também, ver como é que o nosso país está presente em feiras e eventos internacionais dedicados ao cavalo", disse.

Sublinhando que a agricultura tem "crescido muito" no Alentejo, dando o exemplo do projecto de Alqueva, Assunção Cristas explicou, ainda, que o turismo equestre e a projecção do Cavalo Lusitano fazem parte do "plano estratégico" do Governo nos próximos anos.

"O turismo equestre faz parte do nosso plano estratégico que foi aprovado há cerca de um ano e meio pelo Governo. Do ponto de vista dos fundos no domínio do desenvolvimento rural, o Programa de Desenvolvimento Rural (PDR 2020), temos os fundos para apoiar a própria criação de cavalos enquanto produção animal que é", explicou.

Considerando o Cavalo Lusitano como um "produto de excelência", Assunção Cristas frisou que tem a "convicção" de que, "com profissionalismo, muito trabalho e determinação" é possível potenciar mais este sector, no sentido de criar, "cada vez mais", em Portugal um bom destino turístico para o sector equestre.

Lusa/SOL