Economia

Pacheco de Melo: 'Zeinal Bava sempre teve conhecimento das aplicações no GES'

O ex-administrador financeiro da Portugal Telecom (PT) Luís Pacheco de Melo disse hoje que o antigo presidente executivo da operadora "sempre teve conhecimento" das aplicações feitas no Grupo Espírito Santo (GES).

Zeinal Bava, vincou Pacheco de Melo, "sempre teve conhecimento das aplicações no GES", mas como o responsável saiu da PT para a Oi em Junho de 2013, o ex-administrador financeiro não comunicou com Bava a mudança em Fevereiro de 2014 de títulos de dívida da PT da Espírito Santo International (ESI) para a Rioforte, ambas do GES.

Luís Pacheco de Melo falava na comissão parlamentar de inquérito à gestão do BES e do GES, onde começou a ser ouvido pouco depois das 16:00, tendo abdicado de prestar uma declaração inicial.

 O responsável é o terceiro elemento ligado à PT a ser escutado pelos deputados, depois dos ex-presidentes Zeinal Bava (na passada quinta-feira) e Henrique Granadeiro (na quarta-feira).

Lusa/SOL