Sociedade

Ex-deputado da Madeira em paradeiro incerto

Está em paradeiro incerto Carlos Alberto Morgado Fernandes, ex-deputado do CDS na Assembleia Legislativa da Madeira (ALM), e a situação já foi reportada à Polícia Judiciária (PJ).

Carlos Morgado foi deputado entre Junho de 2011 e Outubro de 2012. Não é visto na Madeira desde finais de Fevereiro passado e o seu carro foi recentemente encontrado estacionado junto a uma grande superfície comercial do Funchal.

Não eram conhecidas perturbações mentais ao desparecido e, para já, não há suspeita de qualquer crime. Carlos Morgado vive na Ribeira Brava, localidade a cerca de 30 km do Funchal. Não se sabe se se terá ausentado da ilha, mas o seu desaparecimento foi formalmente comunicado à Polícia Judiciária.

Professor, aposentado desde Outubro de 2012, Carlos Morgado tem ligações ao continente português e a Angola, onde passou grande parte da infância e da adolescência.

Segundo confirmou ao SOL o coordenador da PJ no Funchal, Eduardo Nunes, não se pode falar propriamente de desaparecimento mas de “paradeiro incerto”. Tal como é prematuro falar de uma investigação em curso ou de suspeitas do que quer que seja, designadamente de crime.