Vida

Gru, 'sacana' sem lei

Casaco preto, calças apertadas, um cachecol e uma carantonha de mauzão. É assim o Gru, o maior e mais maldisposto vilão e ladrão do mundo, talvez até do universo! Para ele, roubar um gelado a uma criança é apenas uma forma de começar bem o dia.

gru vive num bairro simpático, mas olha-se para as paredes pretas da sua casa e para a relva seca do jardim e percebe-se que algo está mal ali. debaixo da casa estendem-se túneis repletos de malvadez e o seu exército de pequenos mínimos, uns bonecos amarelos que parecem as caixinhas do brinde dos ovos kinder.

são eles, e também o louco cientista dr. nefário, que ajudam gru a desenvolver as suas sacanagens e planos de assalto. se achas que tens jeito para pregar partidas, vê o filme de animação gru – o maldisposto, e vais perceber que tens muito para aprender ainda.

mas o gru (voz do actor nicolau breyner) também tem os seus momentos baixos. parece que há um novo vilão a aparecer por aí, o jovem vector (o cantor david fonseca).

um tipo que consegue roubar uma pirâmide do egipto e deixar lá uma outra insuflável tem, de facto, muito potencial. gru é que não quer perder o lugar e tem em mente um assalto tão espectacular que o deixe nos livros de história para sempre: roubar a lua.

para isso, ele precisa de um empréstimo do banco do mal, mas a crise parece estar a afectar também as histórias de animação e o presidente do banco, que por acaso até é pai do vector, não lhe quer emprestar o dinheiro.

para piorar as coisas, de repente gru vê-se com três crianças órfãs em casa e parece começar a perder as qualidades... será que vai tornar-se uma pessoa boa? ainda não! são mesmo as pequenas margo, edith e agnes que o vão ajudar a pôr em prática o plano de roubar a lua e despistar o vector. basta uma máquina que lança raios de encolher e a lua passa a caber na palma da mão.

com a lua no bolso, gru ainda vai a tempo de assistir a um recital das suas pequenas filhas e corre para lá. só que o vector também quer a lua e raptou-as.

é tempo do gru usar toda a crueldade e malvadez para... o bem. com a ajuda dos mínimos e até do dr. nefário, que antes nem sequer queria que ele tivesse as crianças em casa, gru vai fazer tudo para passar a ‘bem-disposto’. l

emanuel.costa@sol.pt