Internacional

Irlanda do Norte: Candidata quer criminalizar a homossexualidade

Susan Anne White, candidata independente de West Tyrone para as eleições na Irlanda do Norte, lançou um manifesto que está a chamar a atenção de milhares de pessoas de todo o mundo.


Entre as suas propostas, Susan defende que é necessário voltar a implementar os castigos corporais nas escolas e o direito de espancar os filhos, proibir os médicos de darem contraceptivos a menores, banir as paradas gays e criminalizar a homossexualidade.

Para além disso, a candidata afirma também que é preciso punir o adultério, acabar com a comissão nacional de igualdade e dos direitos humanos, fazer oposição ao feminismo, implementar o papel do homem enquanto o ‘ganha-pão’ da família, fazer oposição aos “fanáticos pelo aquecimento global e a sua pseudo-ciência” e fechar todas as mesquitas.

“Eu acredito num Deus que faz milagres, mas, sendo realista, acho que não vou ganhar”, disse Susan ao Evening Times.

Aqui está a lista de propostas lançada pela candidata

 

Os comentários estão desactivados.