Desporto

Jesus ataca FC Porto e fala sobre Capela e Lopetegui

O treinador do Benfica desvalorizou hoje as acusações de Julen Lopetegui e afirmou que o FC Porto tem tentado desvalorizar e branquear o percurso do Benfica na I Liga portuguesa de futebol.

Na antevisão da partida do Benfica no terreno do Gil Vicente, no sábado, Jorge Jesus foi confrontado com as declarações de Lopetegui, que hoje acusou o técnico benfiquista de ter uma estratégia para desviar atenção da nomeação do árbitro João Capela, que vai dirigir o encontro em Barcelos, relativo à 31.ª jornada.

"Não quero desviar atenções de nada. O Benfica está focado nos seus objectivos desde a primeira hora, mas não gostamos que desvalorizem e branqueiem o que o Benfica tem feito neste campeonato. Estamos na 30.ª jornada e estamos em primeiro", afirmou Jorge Jesus, em conferência de imprensa.

De resto, o técnico das ‘águias’ referiu que o FC Porto está apenas interessado em colocar pressão nos árbitros para as últimas quatro jornadas do campeonato, uma vez que "as coisas estão difíceis" para os ‘azuis e brancos’, a três pontos do Benfica e em desvantagem no confronto directo.

"As coisas estão difíceis e tentam jogar com a pressão. O árbitro está sujeito a críticas, particularmente depois do jogo. O importante é que o Benfica faça um bom jogo e que o árbitro esteja à altura do jogo. Isso é que é importante. Tenho pouco a dizer sobre o que os outros dizem", salientou.

Instado a comentar o incómodo que Julen Lopetegui demonstrou no final do último ‘clássico’ e que levou a um desentendimento entre os dois técnicos, Jorge Jesus foi claro: "É um problema do nosso adversário. Lopetegui e Capela... só me engano nos nomes quando eu quero. Como viram, agora não me quis enganar. Está tudo dito".

Lusa/SOL