Vida

‘Hackers’ atacam Lourenço Ortigão

O actor Lourenço Ortigão utilizou a sua página oficial no Facebook para revelar que na noite de terça-feira a sua conta da Apple tinha sido alvo de um ataque informático. Foram roubados “os dados contidos” nos telemóveis que utiliza, informação que era “estritamente pessoal e reservada”.


“É profundamente consternado que venho pelo presente comunicar que, durante a última noite de 5 de Maio de 2015 e o dia de ontem, a minha conta de utilizador Apple foi alvo de sucessivos ataques por parte de piratas informáticos, que acederam e furtaram a totalidade dos dados contidos nos diferentes aparelhos que utilizo, ligados via iCloud. Apesar de todos os esforços desenvolvidos em conjunto com a equipa de apoio da Apple e com a Polícia Judiciária, não foi possível ainda detectar a sua origem, nem impedir novas tentativas de acesso”, escreveu Lourenço Ortigão.

“No decorrer do dia de ontem e anteontem, diversos familiares, amigos e colegas de profissão, cujos nomes constavam da minha lista de contactos, foram contactados por alguém que se fez passar por mim, utilizando o meu Apple ID, através da aplicação Face Time. Foram também recebidas, por estas pessoas e por mim próprio, inúmeras chamadas telefónicas, provenientes de número não identificado, cujo autor se manteve durante algum tempo em linha, mas em silêncio”, acrescentou.

O actor teme agora que esses mesmos dados privados sejam divulgados pelos vários meios de comunicação: “Sei que, pelo facto de ser uma figura conhecida do público, o passo seguinte do autor do ataque será o de encetar contactos com os meios de comunicação social, em especial com os digitais, como blogues e redes sociais, onde a coberto de um suposto anonimato, tentará divulgar e fazer divulgar informação associada à minha pessoa, cuja veracidade não posso garantir”.

“Deixo pois aqui o meu apelo, para que todos os que possam ser contactados, com vista à distribuição e divulgação da informação obtida de forma ilegal, não hesitem em contactar-me ou à Polícia Judiciária, para que dessa forma possamos chegar ao autor(es) deste crime e fazê-lo comparecer perante a justiça”, apelou Lourenço Ortigão.

“Fui vítima de uma invasão indigna da minha privacidade, pois a informação furtada era estritamente pessoal e reservada. Manter-me-ei contudo firme no propósito de defender o meu bom nome e a tranquilidade da minha vida privada. Assim sendo, alerto todos os que optarem por ser coniventes com este acto ou tentarem aproveitar ou difundir os seus efeitos, que serão alvo dos correspondentes procedimentos criminais e cíveis, com vista ao apuramento da sua responsabilidade e ao ressarcimento dos danos que possam ter causado”, concluiu o actor.

joana.alves@sol.pt