Economia

Ministros das Finanças da Grécia e da Alemanha reúnem-se hoje

O ministro das Finanças da Grécia, Yanis Varoufakis, e o ministro da Alemanha, Wolfgang Schäuble, vão reunir-se hoje ao início da tarde em Bruxelas, antes do Eurogrupo que terá a situação grega no foco das atenções.

A reunião acontecerá à margem do encontro dos ministros das Finanças da zona euro (Eurogrupo), que arranca cerca das 15h00 em Bruxelas (14h00 em Lisboa), e do qual tudo indica que não sairá qualquer acordo que permita o desbloqueamento de dinheiro de que Atenas necessita para fazer face aos seus problemas de liquidez.

Fontes europeias afirmaram que, se a discussão correr bem, o melhor que poderá sair deste encontro será uma declaração positiva sobre o andamento das negociações.

Desde Fevereiro que o chamado Grupo de Bruxelas -- que junta a Grécia e as instituições que formavam a 'troika' (Comissão, Banco Central Europeu e Fundo Monetário Internacional) -- estão em discussões sobre reformas a serem adoptadas pela Grécia que permitam ultrapassar o impasse e transferir para os cofres gregos a última tranche do actual programa de resgate, cuja parcela ascende a 7,2 mil milhões de euros.

No entanto, para isso acontecer ainda são precisos muitos avanços, sobretudo nas pensões, no mercado laboral e nas privatizações, matérias em que as partes ainda divergem nas negociações técnicas. O acordo final poderá ainda levar semanas.

Além da tranche do resgate, para Atenas também é importante alguma flexibilização por parte do Banco Central Europeu (BCE), através do aumento do teto da linha de emergência em que os bancos gregos se financiam e a não colocação de mais exigências aos colaterais apresentados pelos bancos gregos para irem buscar dinheiro ao banco central.

A Grécia gostaria ainda que o BCE permitisse a subida dos limites à emissão de dívida pública de curto prazo pelo tesouro.

Na reunião do Eurogrupo de hoje à tarde Portugal estará representado pela ministra Maria Luís Albuquerque.

Lusa/SOL