Internacional

Coronavírus MERS causa sétima vítima mortal na Coreia do Sul

A Coreia do Sul anunciou hoje o sétimo caso mortal devido à Síndrome Respiratória do Médio Oriente (MERS-CoV), o novo coronavírus, e confirmou oito novos casos do surto, o maior fora da Arábia Saudita.

No total, o número de contágios na Coreia do Sul está agora fixado em 95. 

A sétima vítima mortal foi uma mulher de 68 anos, que tinha estado em contato com um doente no hospital de Seul no final de maio, informou o Ministério da Saúde o sul-coreano. 

O primeiro caso de MERS na Coreia do Sul foi reportado no passado dia 20 de maio. Em causa, um homem de 68 anos que tinha viajado para o Médio Oriente.

O MERS é considerado um 'primo', mais mortal, mas menos contagioso, do vírus responsável pela Síndrome Respiratória Aguda Severa (SARS) que, em 2008, fez cerca de 800 mortos em todo o mundo.

Tal como aquele vírus, provoca uma infeção pulmonar e os afetados sofrem de febre, tosse e dificuldades respiratórias.

Mas de 20 países foram afetados pelo vírus, para o qual não existe vacina ou tratamento. 

Na Arábia Saudita, mais de 950 pessoas foram contagiadas desde 2012 e 412 morreram.

Lusa/SOL