Desporto

Três, a conta que Ronaldo fez

Um hat-trick de Cristiano Ronaldo, o suspeito do costume, permitiu a Portugal vencer pela primeira vez na Arménia (3-2) e ficar a um pequeno passo de marcar presença no Campeonato da Europa de 2016, em França.

O internacional português, que passa a somar seis golos em quatro jogos na fase de qualificação, foi decisivo numa partida onde a equipa das quinas esteve bastante abaixo das expectativas. A Arménia criou sempre muitas dificuldades e foi com naturalidade que acabou por inaugurar o marcador à passagem dos 14 minutos de jogo. Marcos Pizzelli, de livre, deixou o guardião Rui Patrício pregado ao chão.

A resposta de Portugal chegou aos 29 minutos, através da conversão de uma grande penalidade, a castigar uma falta dentro da área sobre João Moutinho. Ronaldo encarregou-se de fazer o gosto ao pé e restabeleceu a igualdade.

Até ao intervalo, a única situação de 'perigo' digna de registo, para as duas balizas, foi quando um adepto invadiu o relvado e obrigou vários polícias a intervir.

Depois do primeiro tempo, Portugal e Arménia vieram dos balneários confiantes em passar para a frente do marcador. A sorte acabou por sorrir a Ronaldo, quem mais (?) , que no espaço de três minutos resolveu o duelo.

Primeiro numa jogada de insistência (55'):

E depois num 'tiro' de longe. Uma autêntica obra de arte do internacional português:

Quando a vitória parecia bem encaminhada, a expulsão de Tiago deixou Fernando Santos a fazer contas de cabeça (62'). Quem aproveitou a desvantagem numérica foi a Arménia, que se galvanizou e dez minutos depois reduziu o marcador por intermédio de Mkoyan, que contou com uma pequena ajuda de Rui Patrício.

Os último minutos foram frenéticos, com a Arménia a tentar chegar ao empate e Portugal e defender a vantagem mínima, mas o resultado acabou por não sofrer mais alterações até ao apito final.

Com este resultado, Portugal soma 12 pontos em cinco jogos, ocupa a liderança do Grupo I e está muito perto de carimbar o bilhete para o Euo-2016. Ronaldo, que soma 55 golos em 120 jogos pela Seleção nacional, foi considerado o homem do jogo.

hugo.alegre@sol.pt