Internacional

Dois soldados franceses suspensos por abusos de menores no Burkina Faso

Dois soldados franceses foram suspensos depois de acusados de, alegadamente, terem abusado sexualmente de menores, incluindo de uma menina de cinco anos, no Burkina Faso, informou, esta terça-feira, o Ministério de Defesa.


"Dois soldados franceses em missão no Burkina Faso são suspeitos (...) de envolvimento em atos de natureza sexual com duas crianças", refere o comunicado oficial divulgado pelo ministério.

Estas duas suspensões têm lugar depois de um outro escândalo de abusos sexuais alegadamente praticados por tropas francesas na República Centro-Africana.

Uma das vítimas no Burkina Faso será uma menina de cinco anos, cujo pai encontrou uma câmara com imagens da sua filha a ser alvo de abusos sexuais.

Fonte policial confirmou à agência AFP a existência de um vídeo, dando conta de que os pais da criança eram amigos dos presumíveis agressores.

Depois de descobrir a câmara, o pai da menina deslocou-se à embaixada francesa em Ouagadougou que, por seu turno, reportou o caso à polícia, que abriu um inquérito, indicou a mesma fonte.

As autoridades francesas encetaram a sua própria investigação na tarde de terça-feira, disse fonte judicial à agência noticiosa francesa.

Lusa/SOL