Internacional

48 mortos em novos ataques do Boko Haram

Presumíveis membros do grupo islamista radical Boko Haram mataram 48 fiéis muçulmanos que faziam a oração da noite em duas aldeias vizinhas do nordeste da Nigéria, declararam hoje um deputado da região e testemunhas.


Na quarta-feira, pelas 20h30 (locais e de Lisboa), "os homens armados do Boko Haram mataram 48 homens e feriram mais 11 no ataque a duas aldeias vizinhas" perto da cidade de Monguno, disse à agência de notícias francesa AFP Mohammed Tahir, deputado da região no parlamento nigeriano. Duas testemunhas forneceram um balanço semelhante. 

Este ataque do Boko Haram foi perpetrado pouco depois de um outro na mesma região, que fez 97 mortos, entre homens que rezavam em quatro mesquitas e mulheres que estavam nas respetivas casas a preparar o jantar, atingidos a tiro por cerca de 50 homens armados, também segundo testemunhas.

Lusa/SOL

Os comentários estão desactivados.