VarandadoChiado

Fim

Dias depois de ter sido anunciado o encerramento da Livraria Camões no Rio de Janeiro, foi a vez da Livraria Portugal, na Rua do Carmo, em Lisboa, também fazer saber que vai fechar as portas.

a quebra drástica das vendas de livros não deixa alternativa aos sócios da quase centenária livraria, que sobreviveu a tudo, incluindo ao incêndio do chiado e aos anos de obras de recuperação que se seguiram, menos a esta crise. também a livraria camões, da imprensa nacional, chega ao fim pela mesma crítica razão. a crise dos livros no seu suporte tradicional, o papel, não é só preço do progresso, da massificação da internet, do aparecimento dos tablets. afinal, também não se vendem tantos e-books assim. é, sobretudo, consequência do desinvestimento na leitura, na língua, na cultura. a factura maior há-de pagar-se, e cara, no futuro.