Sociedade

10 incendiários deste ano são menores

Dos 65 incendiários detidos este ano, 10 são menores, o que equivale a 6,5% do total de incendiários identificados pela Polícia Judiciária (PJ). Pelo menos dois tinham menos de 15 anos. 


Um rapaz de 13 anos ateou um fogo na zona de Vouzela, no dia nove de Agosto, pelo "fascínio de ver o pai a apagar o fogo", como explicou às autoridades e, outro, ainda mais novo, um rapaz de 11 anos, é suspeito de atear um incêndio que deflagrou na passada sexta-feira em Silvares, no concelho do Fundão (distrito de Castelo Branco).

Recuando a 2003, ainda com base nos dados da PJ, verifica-se que os incendiários desta faixa etária são um problema para o país: desde esse ano e até ontem, foram 49 os jovens que atearam fogo a ser identificados pela PJ e encaminhados para as autoridades competentes. Mais de metade (27), desde 2013.  O ano passado teve poucos incêndios devido às condições meteorológicas excepcionais mas, mesmo assim, foram identificados cinco menores pela PJ.

O rapaz é suspeito de ter ateado o incêndio com um isqueiro num terreno com abundante vegetação seca e rasteira, perto de uma moradia e de uma zona florestal de pinheiros bravos e alguns eucaliptos.

sonia.balasteiro@sol.pt

Os comentários estão desactivados.