Desporto

Sporting teve o CSKA na mão, mas deixou-o fugir

Repetiu-se em Moscovo a história da final da Taça UEFA, em 2005, perdida pelo Sporting aos pés do CSKA em Alvalade. Os ‘leões’ até recolheram ao balneário ao intervalo com um golo de vantagem, mas três tiros certeiros do conjunto russo na segunda parte ditaram a derrota dos pupilos de Jorge Jesus (3-1) e o consequente afastamento da Liga dos Campeões.

AP Photo/Ivan Sekretarev

Desilusão. O sentimento expresso na cara dos jogadores leoninos após o apito final, que empurrou o conjunto português para a Liga Europa. Pelo meio, o Sporting disse adeus a 12 milhões de euros pelo apuramento perdido para a fase de grupos da prova milionária da UEFA. Três milhões, pelo playoff, servem de prémio de consolação.

O jogo até começou melhor para os ‘leões’, que chegaram ao golo aos 36 minutos por intermédio de Teófilo Gutiérrez. Um remate certeiro do colombiano que deixava o Sporting com um pé na fase de grupos da Champions, graças à vantagem trazida da capital portuguesa (2-1).

O problema foi na segunda parte, com a reacção do emblema russo. Três golos sem resposta e muita polémica à mistura. Doumbia começou por aproveitar o recomeço da segunda parte para restabelecer a igualdade, depois de um toque com a mão que traiu o guarda-redes Rui Patrício.

Aos 72 minutos, Musa aproveitou um contra-ataque para fugir à marcação leonina e assistir Doumbia, já dentro da área, que só teve que dizer ‘sim’ à bola para o fundo das redes de Patrício.

O Sporting esboçou uma leve reacção e até chegou ao golo do empate, pouco tempo depois, num cabeceamento certeiro de Slimani após um canto de Carrillo, mas o árbitro da partida anulou o lance.

A cinco minutos do fim, o CSKA sentenciou o resultado final em 3-1 e gelou os adeptos do Sporting que se deslocaram à Rússia. Musa aproveitou mais uma falha na defensiva dos ‘leões’ para aumentar a contagem.

Até ao fim dos 90 minutos, a equipa de Jorge Jesus ainda ficou reduzida a dez jogadores no relvado, devido à expulsão de João Mário.​ 

Notícia actualizada às 22h09

hugo.alegre@sol.pt