Economia

Novo Banco requer insolvência de Duarte Lima

O Novo Banco considera que Domingos Duarte Lima está impossibilitado de cumprir com a generalidade das suas obrigações financeiras e avançou com o pedido de insolvência do antigo líder parlamentar do PSD.

De acordo com a informação publicada no Portal Citius, consultada pelo SOL, a instituição que herdou os activos saudáveis do BES requereu a insolvência singular de Duarte Lima no passado dia 28 de Agosto. O requerimento deu entrada na Secretaria do Comércio da Instância Central de Lisboa.

O Correio da Manhã noticiou recentemente que o Novo Banco é o único credor da Dulivira Investimentos Imobiliários. A sociedade, onde Duarte Lima pertence ao conselho de administração, aderiu ao programa especial de revitalização (PER) a 14 de Agosto com uma dívida de 5,8 milhões de euros ao Novo Banco.

Agora, a 28 de Agosto, o Novo Banco pede a insolvência do ex-deputado do PSD acusado de homicídio de Rosalina Ribeiro, morta a tiro em Dezembro de 2009, em Saquarema, nos arredores do Rio de Janeiro.

Em Portugal, Duarte Lima foi condenado a 10 anos de prisão por burla qualificada e branqueamento de capitais no Homeland, um caso de burla ao BPN num negócio imobiliário em Oeiras. A defesa do ex-líder parlamentar recorreu da decisão.

sandra.a.simoes@sol.pt