Sociedade

Homem barricado em Lagos tem pelo menos três reféns

O homem que esta manhã se barricou na Comissão de Proteção de Crianças e Jovens, em Lagos, fez pelo menos três reféns. O homem, que está armado, baleou com um tiro na cabeça um agente da PSP que estava no local.


“O agente ficou ferido, mas sem gravidade, porque foi atingido de raspão”, confirmou o SOL junto de fonte da PSP de Faro.

As autoridades policiais montaram um cerco às instalações da Comissão e já conhecerão os motivos que levaram o homem a este ato desesperado. “Mas por razões de segurança” não avançam qualquer informação. Têm uma equipa a tentar negociar a libertação dos três a quatro reféns que ali retidos. Entre eles estão funcionários da Comissão.

O homem entrou esta manhã pelas 9h15 na Comissão de Proteção de Menores. As autoridades criaram um perímetro de segurança para impedir o acesso ao local e proteger os moradores do bairro.

Joana.f.costa@sol.pt