Desporto

Quim Machado diz que Vitória de Setúbal não vai ao Dragão ‘só para defender’

O treinador do Vitória de Setúbal, Quim Machado, garantiu hoje que a sua equipa tudo fará para surpreender no domingo o FC Porto, no Dragão, em partida da décima jornada da I Liga portuguesa de futebol.


"Prometo que não vamos ao estádio do Dragão só para defender. A concentração tem que ser enorme. Queremos chegar à baliza do FC Porto e, para o fazermos, teremos de arriscar e jogar para frente", disse o técnico na conferência de imprensa de antevisão ao encontro.

Apesar de admitir que a sua equipa vai ter "algum cuidado" frente a um oponente "recheado de valores de nível mundial", o técnico manifestou o desejo de surpreender.

 "Sabemos que é um adversário difícil, mas não podemos desistir à partida. Temos as nossas armas e uma equipa que, ao longo do campeonato, não tem tido receio de A, B ou C. Temos a responsabilidade de participar no jogo sem ser para cumprir calendário", sublinhou.

Vários elementos do plantel sadino, oriundos dos escalões secundários, vão ter a oportunidade de atuar pela primeira vez no reduto dos portistas na I Liga. Quim Machado garante que esse aspeto não foi descurado nos últimos dias.

"Fizemos esse trabalho esta semana. Há jogadores que ainda não 'pisaram' o Dragão. É diferente jogar perante 30/40 mil pessoas do que cinco mil. Os mais jovens têm de estar preparados e de não terem receio de ter a bola", referiu.

Instado a comentar o facto de os seus jogadores poderem sentir-se mais motivados por terem domingo a oportunidade de se mostrar na 'montra' do Dragão, o timoneiro dos sadinos foi categórico.

"Não gosto de olhar para os jogos dessa forma. É um facto que há mais gente a ver, mas digo sempre aos jogadores que a motivação tem de existir com o FC Porto e com o Arouca. Para esta partida, mais do que motivação, deve haver maior concentração e rigor para enfrentar a qualidade dos jogadores do FC Porto", alertou.

Depois de Nuno Pinto, defesa dos sadinos, ter afirmado na sexta-feira que o FC Porto é a equipa que melhor futebol pratica em Portugal, Quim Machado foi mais cauteloso sobre o assunto do que o seu jogador.

"Os três grandes são fortes, estão no mesmo nível e têm condições para vencer a Liga. O campeonato está muito equilibrado", analisou, elogiando a prestação dos 'dragões' na quarta-feira, na Liga dos Campeões: "o FC Porto fez um grande jogo em Israel na 'Champions' e deu uma imagem fantástica do futebol português", na vitória por 3-1 sobre o Maccabi.

O facto de os setubalenses não poderem contar com três dos habituais titulares - o guarda-redes Ricardo (cedido pelo FC Porto), o defesa William Alves e o médio Dani (ambos castigados) - vai obrigar o técnico a fazer alterações.

"No Vitória nota-se mais a ausência de três jogadores do que numa equipa grande, mas nunca me queixei por isso. Temos um plantel de 27 e quando falta A, B, ou C, por lesão ou castigo, é sinal que outro terá oportunidade. Confio em quem vai jogar de início. Têm agora uma oportunidade para demonstrar que também têm valor", frisou.

O jogo entre o FC Porto e o Vitória de Setúbal está agendado para as 18:15 de domingo e terá arbitragem de Tiago Martins (Lisboa).

Lusa/SOL

Os comentários estão desactivados.