Economia

Pedido de registo e projeto da OPA do CaixaBank sobre BPI já está na CMVM

O pedido de registo e o projeto de prospeto da Oferta Pública de Aquisição (OPA) do CaixaBank sobre o BPI já deu entrada na Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

O prazo para dar entrada da operação terminou esta segunda-feira.

O Caixabank anunciou que iria lançar uma OPA sobre o BPI no mês passado, pretendendo chegar a 70% do capital (atualmente detém 44,1%) depois das negociações com Isabel dos Santos terem fracassado.

O banco espanhol oferece 1,113 euros por ação e a operação está condicionada à eliminação dos estatutos de bloqueio na entidade financeira portuguesa, que lhe limitam os direitos de voto a 20%.

Entretanto o governo português aprovou um decreto-lei que permite a desblindagem desta cláusula de bloqueio dos direitos de voto, mas à luz das novas regras do Banco Central Europeu, o BPI continua exposto ao risco de Angola, uma vez que detém mais de 50% do Banco Fomento e Angola.