Economia

Microsoft vai reduzir 1850 funcionários

A Microsoft vai despedir 1850 funcionários na unidade de smartphones adquirida à Nokia, a maioria deles na Finlândia. Esta redução deverá custar à empresa 950 milhões de dólares.

Terry Myerson, vice-presidente da empresa descreveu os cortes como “incrivelmente difíceis” mas salientou a necessidade da empresa ser mais focada na área de hardware, revelou num email enviado aos colaboradores.

Este número de demissões vem juntar-se à redução de 7800 postos de trabalho anunciado no verão passado e aos 18 mil eliminados em 2014.

A compra da Nokia foi uma aposta de Steven Ballmer, ex-presidente executivo da Microsoft, mas vai ficar na história como uma dos erros mais caros da empresa. Ballmer acreditava que era uma maneira de lutar contra a Apple, conjugando o hardware com as habilidades de software da Microsoft.

A Microsoft conta atualmente cerca de 110 mil empregados.