Internacional

Interpol une-se à aliança internacional contra DAESH

A Interpol vai colocar à disposição dos seus membros uma base de dados com informação de mais de 7500 combatentes terroristas.
 

A organização Internacional de Polícia Criminal anunciou esta sexta-feira que se junta “contra o fluxo de combatentes terroristas estrangeiros e o financiamento do DAESH"

O secretário-geral da Interpol, Jurgen Stock, disse em comunicado que “trocar informações com a Interpol significa estender o perímetro de toda a segurança nacional” e que a instituição vai atuar em conjunto “para combater o terrorismo”.

Stock relembrou que a ligação, já existente, entre a Interpol e o Departamento de Defesa dos Estados Unidos alcançaram “pistas de investigação de valor incalculável”.

A Interpol vai colocar à disposição dos seus membros uma base de dados com informação de mais de 7500 combatentes terroristas.