Politica

Ribeiro e Castro defende Cristas

Líder do CDS foi criticada por convidar ex-ministra de Sócrates para a rentrée do partido


O ex-líder do CDS Ribeiro e Castro defende Assunção Cristas e considera excessivas as críticas internas por a direção do partido ter convidado a ex-ministra socialista Maria de Lurdes Rodrigues para a rentrée.

“Este ataque por causa do convite a Maria de Lurdes Rodrigues para participar na escola de jovens do CDS-PP é deslocado e excessivo”, escreve na sua página do Facebook, Ribeiro e Castro.

O ex-líder do CDS defende que o convite a figuras de outros partidos serve para “enriquecer o debate e a formação” e está convicto de que “se fosse Paulo Portas (…) ninguém se atreveria a espingardear. E haveria até críticos que se precipitariam a destacar a genialidade do convite”.

A ex-ministra de Sócrates vai participar num debate sobre Educação na “escola de quadros do CDS” e Ribeiro e Castro diz esperar que tudo corra bem, porque ´”é feio receber mal quem convidamos”.

O ex-deputado Michael Seufert  foi um dos centristas que criticou a presença da ex-ministra na iniciativa do CDS. “Parece que o convite a Maria de Lurdes Rodrigues vir à Escola de Quadros do CDS não é uma "hoax" de duvidoso gosto. Ocorrem-me de repente uma mão cheia de antigos ministros da educação mais interessantes e mais respeitáveis”, afirmou o ex-líder da Juventude Centrista.  

Os comentários estão desactivados.