Sociedade

Zoo de Lisboa recebe duas crias de panda-vermelho

As crias de cinco meses pertencem a uma espécie em vias de extinção proveniente da China e dos Himalaias


São os mais recentes habitantes do jardim Zoológico de Lisboa: desde ontem que duas crias de cinco meses de panda-vermelho, uma espécie em vias de extinção, podem ser visitadas no local.

Esta espécie encontra-se em vias de extinção devido, essencialmente, à destruição do seu habitat natural mas também à caça ilegal. Provenientes da China e dos Himalaias, os pandas vermelhos são “animais tímidos e territoriais que descansam em ramos de árvores onde se apoiam apenas com o corpo, deixando as patas suspensas”, explica o Zoo.

Em adultos, os pandas vermelhos atingem o tamanho de um gato doméstico. Vivem cerca de 15 anos e têm uma dieta principalmente herbívora.