Economia

UE investiga aço chinês

A União Europeia (UE) lançou uma investigação em relação a vários tipos de aços chineses resistentes a corrosão que estarão a ser vendidos da Europa a preços injustos.

Segundo o jornal oficial da UE a Comissão Europeia (CE) vai analisar uma queixa da associação de produtores de aço europeus – Eurofer – e decidir se é precisa uma investigação.

Nos anos mais recentes a UE tem imposto uma série de tarifas a vários tipos de aço produzidos na China para contrariar aquilo que os produtores europeus dizem ser uma invasão de aço chinês vendido abaixo do preço de custo devido à sobrecapacidade de produção chinesa.

Em setembro o G20 considerou a sobrecapacidade de produção chinesa um problema sério, mas a China, que produz mais de 50% do aço mundial e é também o principal consumidor, diz que este é um problema global.