Sociedade

‘Casal herói da A1’ ameaça para ter atestado médico falso

Casal faz ameaças a Centro de Saúde

Depois de todas as queixas que já foram apresentadas contra o ‘casal herói’, surge agora uma nova mentira. Paulo e Lucinda deslocaram-se ao Centro de Saúde de Pardilhó, em Estarreja, exigindo que a médica lhes passasse um atestado a comprovar que a mulher tinha cancro.

A clínica recusou-se a passar o atestado médico e foi ameaçada. Se não fosse a intervenção da GNR, que tinha uma patrulha perto do local, Paulo e Lucinda tinham continuado com as ameaças.

O objetivo seria ter um documento que o casal pudesse mostrar para poder continuar a obter a solidariedade de toda a população. Ao Correio da Manhã, Paulo Pereira já teria admitido que a mulher não tinha cancro, mas sim uma anemia.

O incidente ocorreu no dia 12 de janeiro e a médica de família recusou passar o atestado, afirmando que não podia atestar algo que não era verdade, “Paulo e Lucinda irritaram-se e se não fosse a intervenção da GNR o caso poderia ter tido outro desfecho”.

Recorde-se que Paulo Pereira tem 14 processos-crime, alguns deles por burla e que recentemente foi acusado de ter abandonado as filhas.