Internacional

Melènchon estreia a campanha por holograma

O candidato de extrema-esquerda, Jean-Luc Mènlenchon deu no domingo dois comícios ao mesmo tempo: um em Lion para 12 000 pessoas e outro em Paris para 6000 pessoas. Na capital apareceu um holograma seu. A campanha eleitoral já se faz na realidade virtual.

"Onde eu estou? Estou em Lion", fez estalar os dedos e disse: "Agora estou em Paris". O seu holograma apareceu a mais de 400 quilómetros do sítio em que estava a discursar. Para o candidato apoiado pelos dissidentes do Partido Socialista e pelo Partido Comunista Francês, reunidos no movimento "França Insubmissa", a trecnologia é um pilar fundamental do que chamam a "Revolução Cidadã".

O antigo senador do Partido Socialista concorre com o seu antigo companheiro de partido Benoît Hamon concorrem pelo voto da esquerda e tentam uma difícil passagem à segunda volta das presidenciais.

No mesmo dia que Melénchon aparecia em Lyon e Paris ao mesmo tempo. Benoît Hamon era formalmente investido como candidato presidencial dos socialistas na sala da Mutualidade em Paris.

Para melhor conhecermos o pensamento do candidato da "França Insubmissa" republicamos uma entrevista de julho de 2013 no i.