Sociedade

Petição defende “potencial acumulado” de Mário Centeno para responder aos anseios do país

Manifesto já foi assinado por quase 3000 pessoas

Uma petição lançada nos últimos dias defende Mário Centeno e apela ao ministro para que se mantenha no governo. O texto, publicado no site peticaopublica.com e que está a ser divulgado através das redes sociais, reuniu nos últimos dois dias mais de 2700 assinaturas.

“Os signatários desta petição vêm manifestar total apoio e confiança no cargo que V.Exa. desempenha ao serviço de Portugal, e regozijam-se pela excelência do seu trabalho que a todos nós motiva apreço e admiração, nunca esquecemos que graças a V. Exa e à sua equipa do Ministério das Finanças, tivemos pela primeira vez o défice mais baixo de 42 anos de democracia. Como disse o Sr. Primeiro Ministro, Dr. António Costa “só um primeiro-ministro insano é que dispensaria um ministro das Finanças depois deste resultado”, refere a petição.

O texto apela a “boas soluções e práticas governativas que tragam, mais crescimento económico, mais investimento publico e privado, mais emprego, melhores salários e pensões, mais e melhor justiça fiscal, redução do défice, contas publicas saudáveis, melhores escolas, melhores sistemas de saúde, estabilidade social e financeira, índices elevados de confiança transversal a todos os setores de atividade económica e social, competência, inteligência e transparência para quem ocupa cargos públicos”. Neste enquadramento, os signatários dizem reconhecer em Centeno “potencial acumulado para o contributo destes anseios e muito mais, por isso contamos consigo, e apelamos à sua consciência para que permaneça no governo de Portugal no cargo de Ministro das Finanças, com a mesma determinação da excelência do trabalho que vem realizando, com o mesmo caráter e a humildade que o caracteriza para bem de Portugal e dos Portugueses.”