INE

Desemprego em queda

O desemprego caiu para 10,2% em dezembro de 2016 e a estimativa para janeiro de 2017 é que se tenha mantido no mesmo valor.

De acordo com o Instituto Nacional de Estatística (INE) a taxa de desemprego definitiva de dezembro de 2016 caiu para 10,2%, valor que compara com os 10,5% de novembro. O indicador mantém a tendência de queda desde o início do ano passado e já está no nível mais baixo desde março de 2009.

De acordo com o INE, “a população desempregada de dezembro foi estimada em 520,7 mil pessoas, tendo diminuído 3,2% em relação ao mês precedente (menos 17,3 mil pessoas), enquanto a população empregada foi estimada em 4 601,6 mil pessoas, tendo aumentado 0,4% (mais 16,9 mil pessoas) face ao mês anterior”. Entre os jovens, a taxa de desemprego fixou-se nos 26,2% em dezembro

A primeira estimativa do INE aponta para um desemprego de 10,2% em janeiro deste ano. A estimativa provisória da população desempregada em janeiro foi de 521,8 mil pessoas e a da população empregada foi de 4,593 milhões de pessoas.

Segundo o INE, a tendência é um pouco menos animadora: "a estimativa provisória da população empregada foi de 4 593,2 mil pessoas, tendo diminuído 0,2% (8,4 mil) face ao mês anterior (dezembro de 2016) e aumentado 0,2% (10,2 mil) em relação a três meses antes".

Entre os jovens, o desemprego terá caído no primeiro mês de 2017 para os 25,7%.